Economistas passam a prever recessão por segunda onda de Covid e vacinação lenta.

O pico da segunda onda da pandemia no Brasil, com as dia, derruba as expectativas para a economia este ano. Com o agravamento da crise sanitária e a vacinação lenta, mais economistas estão prevendo uma nova recessão no início de 2021, com dois trimestres seguidos de recuo do Produto Interno Bruto (PIB).

     A reação econômica este ano e em 2022 não será suficiente para o país se recuperar da recessão da Covid-19. Somente em 2023, o país poderá voltar aos níveis de antes da crise, de acordo com as previsões.

   A previsão é que o PIB  cresça 2,3% em 2021 e 1,5% em 2022. O resultado combinado dos dois anos, portanto, não compensará a queda de 4,1% do PIB em 2020.

  Nas últimas semanas, o Boletim Focus, relatório semanalmente divulgado pelo Banco Central com participação de agentes do mercado financeiro, as pesquisas têm reduzido a expectativa de alta do PIB este ano. Após consecutivas, espera-se um PIB de 3,18%.

   Expectativa é de queda do PIB no 1º e 2º trimestres, momento em que o país vive o pior momento da pandemia

Fonte: Economia – iG @ https://economia.ig.com.br/2021-04-03/economistas-passam-a-prever-recessao-por-segunda-onda-de-covid-e-vacinacao-lenta.html

O SECRASO/RJ segue atento às notícias mais relevantes.

Sindicato das Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado do Rio de Janeiro

RUA ARAÚJO PORTO ALEGRE, 70

EDIFÍCIO PORTO ALEGRE - 901 A 905

CENTRO - RIO DE JANEIRO

CEP.: 20.030-015

(21) 2240-1735

Site desenvolvido por Marcos Pimenta