Com a suspensão das atividades, 67% dos empresários estimam perdas acima de 50%

As recentes paralisações de boa parte das atividades comerciais realizadas desde o dia 26 de março, e previstas até quinta-feira (08/03), têm gerado grande impacto nos negócios dos empresários do comércio de bens, serviços e turismo da cidade do Rio de Janeiro. Segundo levantamento do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ), 67% dos entrevistados esperam perdas acima de 50% no faturamento durante o período de fechamento.

Além disso, mais da metade dos consumidores (62,1%) estão preocupados e com muito medo de perder o emprego, no Rio de Janeiro.De acordo com levantamento realizado pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ), esse é o maior percentual já registrado pelo estudo. Em fevereiro, o índice era de 49,3% e em janeiro, 43,3%. Os que estão com pouco receio de perder o emprego representam 13%. Apenas 24,9% dos entrevistados estão confiantes e não estão com medo.

O percentual de consumidores que acreditam em algum tipo de redução da renda familiar subiu de 45% para 60,8% dos entrevistados. O indicador dos que creem que a situação econômica de suas famílias continuará como está caiu de 36,7% para 25,7%, representando uma diferença de 11 pontos percentuais. Apenas 13,5% dos fluminenses acreditam que a renda aumentará de alguma forma.

Fontes: Jornal O Dia e Jornal Extra

Sindicato das Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado do Rio de Janeiro

RUA ARAÚJO PORTO ALEGRE, 70

EDIFÍCIO PORTO ALEGRE - 901 À 905

CENTRO - RIO DE JANEIRO

CEP.: 20.030-015

(21) 2240-1735

Site desenvolvido por Marcos Pimenta